quinta-feira, outubro 15, 2009

Olivier Tallec

Tallec no bate-papo de segunda-feira.

Olivier Tallec trabalhou como ilustrador para jornais como Le Monde, Libération e revistas femininas. Um ano atrás foi publicado Negrinha (editora Desiderata) na França, mas Tallec afirma conhecer pouco de quadrinhos e se diz mais ilustrador. Mesmo assim, encantou o público com autógrafos mais que especiais no lançamento de seu livro.

O álbum Negrinha surgiu da colaboração com Jean-Christophe Camus, que propôs o projeto de história sobre sua mãe. O trabalho começou 3 anos atrás, com Camus lhe contando sobre ela, mostrando fotos de família e do Rio de Janeiro na década de 50 (local e época onde a história é ambientada).

O ilustrador veio ao Rio para pesquisar, mas disse que fatores históricos não importaram tanto. Sua maior preocupação foi captar como vivem os cariocas e como é a cidade: contar a história a partir do ambiente.

O álbum é resultado da biografia da mãe de Jean-Christophe com um toque de romance. Olivier afirma que muita coisa na história é inventada, pois a personagem ainda é viva (tem quase 80 anos) e não queria que toda sua história fosse contada.

O ilustrador procurou manter seu estilo, que diz estar mais próximo da pintura do que do desenho. Durante a palestra contou que começa com as cores (a parte mais importante de seu trabalho) e depois parte para o traço.

Olivier Tallec está trabalhando na continuação de Negrinha e numa ficção ambientada na Prússia em 1795. Desta vez ele faz parceria com outro autor, numa história com muito mais personagens e menos intimista.



por yasmin

2 comentários:

Marko Ajdaric - Neorama dos Quadrinhos disse...

Ganahanmos um festival baiano (escolhi POSTAR NUM BLOG AMIGO)

Eu e Sávio Leite realizamos 'Nego', filme sobre o maior intelectual negro que o Brasil deu ao mundo.
O filme usa elementos de quadrinhos de temática da cultura negra, como o croata Danijel Zezelj, o francEs Olivier Tallec, a maravilhosa dupla Hemeterio ] Gadelha e talec
A fita ganhou, em sua categoria, o III Bahia Afro Film Festival
http://leitefilmes.blogspot.com/2010/05/nego-premiado-na-bahia.html
III Bahia Afro Film Festival
Aguardamos contato para exibir o filme, pelo Brasil

Marko Ajdaric - Neorama dos Quadrinhos disse...

Ganahanmos um festival baiano

Eu e Sávio Leite realizamos 'Nego', filme sobre o maior intelectual negro que o Brasil deu ao mundo.
O filme usa elementos de quadrinhos de temática da cultura negra, como o croata Danijel Zezelj, o francEs Olivier Talleca maravilhosa dupla Hemeterio ] Gadelha e talec
A fita ganhou, em sua categoria, o III Bahia Afro Film Festival (LINK
http://leitefilmes.blogspot.com/2010/05/nego-premiado-na-bahia.html
III Bahia Afro Film Festival
Aguardamos contato para exibir o filme, pelo Brasil